• Tajá

Sorvetes amapaenses

Atualizado: 29 de Mai de 2019

Uma delícia exótica de dar água na boca


Por Ana Paula Vilhena

O sorvete é uma das sobremesas mais consumidas no Brasil. Exatamente por isso, ele retrata muito das culturas locais e dos gostos. No Amapá, há uma grande variedade de sabores. Um sabor extremamente popular é o sorvete de açaí que também caiu no gosto popular em todo país.


No país, graças às altas temperaturas, o sorvete é uma iguaria valorizada pela população e o mercado de sorveterias é consolidado. E aqui, no Amapá, não é diferente. Como em outros lugares no Norte, as sorveterias usam e abusam do que cada região tem de mais rico, aproveitando ao máximo a biodiversidade e os diversos alimentos da região.

Sorvete exóticos e tradicionais

Com as frutas do Amapá são produzidos sucos, doces e, claro, sorvetes e picolés. Algumas delas são muito exóticas e mal são conhecidas fora do estado, como: Uxi, Mari, Tucumã e Bacuri. Outras frutas são mais comuns, como cupuaçu e açaí, por exemplo.


O açaí é o sabor mais pedido, pode ser considerado rico em ferro, em fibras que auxiliam no trânsito intestinal e em proteínas para repor as energias. Ele ainda contém potássio, cálcio, vitamina B1 e antioxidantes, melhorando a circulação sanguínea. Sua ingestão traz sensação de saciedade, reduzindo a vontade de ficar beliscando. E no sorvete, é perfeito pelo sabor delicioso e refrescante.


Deste fruto foram criadas variações bem peculiares, como o de açaí com camarão. O mais curioso: é feito com pedaços de camarão cozido sobre o sorvete, uma combinação que pode causar estranheza a quem vem de fora, ou mesmo para aqueles que moram na região.


Sorveteria Amapaense

“Uma certa vez provei um sorvete chamado Ribeirinho, feito de açaí e camarão salgado. Por gostar muito de açaí, resolvi provar achando que ia me deliciar. Porém, foi totalmente ao contrário, não gostei muito. A textura e o sabor do açaí estavam muito bons, mas o camarão um pouco salgado. Acabou por desfazer a magia do sorvete”, disse Brunna Silva.


Mesmo na chuva um sorvete é uma boa pedida.

Já o namorado de Bruna, Ariel Nícolas, garante que gosta muito do sorvete e costuma tomar frequentemente. “A primeira vez que soube do sorvete, estranhei sua composição, mas a curiosidade foi mais forte. Fui atrás do sorvete e quando provei gostei muito. Não é a mesma coisa que tomar açaí e comer o camarão separadamente, claro. Gosto do agridoce que o sorvete causa no paladar, recomendo”.


E o mais peculiar é sorvete de açaí com charque. A receita surgiu por causa da tradição do dia a dia do amapaense em tomar açaí com charque. “Estava passeando e quis tomar um sorvete, era quente o tempo. Lendo o cardápio me deparei com esse sabor, curiosa que sou, experimentei, e adorei, achei interessante o gosto que fica na boca, meio doce e salgado”, fala dona Ana Eloisa.






Dona Ana Eloisa saboreando o sorvete Marabaixo

Além dos sorvetes de açaí, outro sorvete também muito adorado pelos amapaenses é o Marabaixo, feito da castanha-do-pará e doce do cupuaçu queimado. O sabor possui esse nome exatamente pela dança regional, que tem a mesma designação.


Bacuri, também um dos sorvetes muito pedidos, é uma das frutas mais populares da região norte. Ele é muito encontrado no cerrado e em algumas áreas da Mata dos cocais do Maranhão e do Piauí, onde o bacuri é um símbolo da cidade de Teresina. Saborear o doce e o azedinho do bacuri traz refrescância nos dias quentes dos amapaenses.

Tipo de exportação

As sorveterias sempre buscam inovar nos sabores e com grandes interesses de levar as sobremesas nortistas para todo Brasil. Em outros estados, como no Sul do país, das receitas nortistas, o sorvete de tapioca é o campeão nas vendas tanto quanto o sorvete chamado Mestiço que mistura tapioca e açaí. Outros com nomes de doces típicos da região estão entre os preferidos: Quim Barbosa (chocolate amargo, chocolate branco, castanha de caju e passas ao rum) e Maria Isabel (castanha do Pará, pão de ló, chocolate granulado e doce de cupuaçu).


As sorveterias também contam com sabores tradicionais, como chocolate, baunilha e morango, porém eles estão saindo cada vez menos. O interesse maior é entre os exóticos. Mesmo as crianças que costumam pedir pelos tradicionais, procuram hoje os sabores das frutas amazônicas. O Cupuaçu é o preferido da criançada.


Não poderia deixar de citar o sorvete de Maracujá. É uma ótima experiência saborear o doce desse sorvete, além de você ingerir várias vitaminas que a sobremesa contém.

0 visualização